Planalto Serrano - Roda Cultural

PLANALTO SERRANO – SERRA

RODA CULTURAL DE PLANALTO SERRANO

A baixa autoestima dos moradores do Bairro Planalto Serrano, situado na Serra, e a discriminação sofrida em função dos altos índices de violência, levaram o Coletivo Cultural e Artístico Disse me Disse, fundado há mais de dez anos, a praticar atividades que envolvem a comunidade em torno da cultura e da arte.

Hoje a atividade do Grupo Cultural Disse me Disse é variada, com muita cultura popular. O Arraiá Disse me Disse, campeão estadual de Quadrilhas de 2016, envolve aproximadamente 80 adolescentes e jovens. O coletivo realiza, durante todo o ano, atividades relacionadas à cultura popular, como dança de rua, festival de música, oficinas de formação e palestras de formação cidadã e cultural, comprovadas em fotos e atas, listas de presença e nos troféus conquistados em festivais culturais, além dos festivais de arraiás realizados no bairro.

Com a apresentação do Projeto Roda Cultural de Planalto Serrano, o Coletivo Disse me Disse pretende aumentar o número de envolvidos, retirando do risco pessoal e social mais 120 jovens, além dos 80 já assistidos. As atividades desenvolvidas são atrativas e falam a língua da juventude. O cronograma inclui ações de cultura popular, como hip hop, grafite, teatro, música, dança, cineclube, artesanato e modelagem, além dos arraiás.

O Grupo Cultural Disse me Disse quer propiciar e estimular o desenvolvimento de crianças, adolescentes e jovens em risco pessoal e social, especialmente aqueles que estão fora da sala de aula, com a noção de que são sujeitos de Direitos, respeitando sua dignidade como pessoas. Esse estímulo se dá através da promoção de oficinas qualificadas, por meio do Programa Ocupação Social, com o fomento de atividades sociais e culturais diversificadas, capacitando e descobrindo novos agentes culturais no bairro.

AÇÕES DE FORMAÇÃO

As ações de formação desenvolvidas pelo Projeto Roda Cultural de Planalto Serrano são as seguintes:

- Seminário de Abertura: Apresentação do projeto à comunidade, explanando todas as ações a serem aplicadas;

- Oficinas Culturais, Produtivas e Profissionais:

  1. Artes Plásticas - Formar futuros artistas para produzir cenários para produções culturais da comunidade, através da pintura e esculturas;
  2. Teatro - Formar e descobrir novos talentos da comunidade, para montar um espetáculo teatral do projeto;
  3. Danças - Formar dançarinos e coreógrafos, com destaque para expressão corporal e as performances, formando um grupo de dança do projeto;
  4. Música - Formar músicos através de aulas de percussão e ritmos de rua;
  5. Cultura Urbana - Formar e descobrir talentos da comunidade ligados ao hip hop, grafite, composição;
  6. Cultura Popular – Ampliar os grupos de quadrilhas que já existem e formar novos grupos por faixas etárias, e promover ensaios e festivais;
  7. Oficina de Cultura Digital - Formar o público-alvo para os avanços digitais e programá-los em ações culturais;
  8. Workshops culturais - Realizados na praça após cada dia de oficina, para apresentação cultural das oficinas;
  9. Festivais de Cultura Popular – Realizados a cada mês do projeto, com um grande festival de Quadrilhas em julho;
  10. Avaliação interna – Avaliação do projeto pela equipe de coordenação, juntamente com os oficineiros;
  11. Seminário de Encerramento - Prestação de contas à comunidade e aos participantes, seguida da avaliação final.

A duração das oficinas será de 90 a 180 dias, podendo finalizar uma e iniciar outra, com prazo máximo de execução de 90 dias, cada uma. Estas atividades levarão os alunos a desenvolverem criatividade, habilidades artísticas, conhecimento, trabalho em equipe e cooperação mútua, além de permitir que exercitem e explorem diversas formas de expressão.

RODA CULTURAL DE PLANALTO SERRANO

Contatos:

Facebook - https://www.facebook.com/rodaculturalps

EQUIPE

Andersom Romanha de Souza - Coordenador Administrativo/Financeiro

Ana Lucia Marinha Gomes - Coordenadora de Oficinas

Adélio Carvalho Rosa - Oficineiro de Cultura Popular

Rogério Carlos Orsi - Oficineiro de Artes Plásticas

Jucerlam Santos Souza (DJ Jota) - Oficineiro de Cultura Urbana

Nilcinéia da Conceição Oliveira (Amora Negra) - Oficineira de Teatro, Dança e Performance

Fabiana Jesus - Oficineira de Música

Sebastião Câncio Pereira Junior - Oficineiro de Cultura Digital

Neiriele Marques da Silva - Assistente Social

Joana Célia Gonçalves - Educadora Voluntária

Alinhamento Horizontal da Imagem: Centralizado

Alinhamento Vertical da Imagem: Centralizado

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard