08/08/2017 17h45

Aulas da Fames começam em quatro bairros do Ocupação Social

Mais quatro bairros atendidos pelo Programa Ocupação Social darão início às atividades do Fames nas Comunidades. As aulas inaugurais estão previstas para acontecer na quinta-feira (10/08), em Castelo Branco, Cariacica; na quarta-feira (16/08), em Zumbi, Cachoeiro de Itapemirim; na quinta (17/08), em Ulisses Guimarães, Vila Velha; e na sexta-feira (18/08), em Bom Sucesso, São Mateus.

O projeto oferece oficinas de violão, de voz e de percussão. Durante as aulas inaugurais os alunos receberão orientações quanto ao cronograma de atividades e realizarão a matrícula nos cursos, além de prestigiarem a apresentação musical feita pelos professores.


Agenda

Em Castelo Branco, as atividades começam nesta quinta (10), às 10h, na Igreja Assembleia de Deus, que fica na Rua Rio Solimões, nº 16; já em Zumbi a atividade será realizada no dia 16, às 10h, na EMEB Julieta Deps Tallon, localizada na Rua Oswaldo Malfaicini, nº 92 (antigo 48).

No dia 17, em Vila Velha, acontecerá a aula inaugural de Ulisses Guimarães, começando às 10h, na Igreja Presbiteriana, Av. Presidente João Goulart, nº 26. Por fim, no dia 18 de agosto, a solenidade será realizada na comunidade de Bom Sucesso, às 10h, na EMEF Bom Sucesso, na Av. Gileno Santos.

 

Ocupação Social

O projeto Fames nas Comunidades é desenvolvido pela Faculdade de Música do Espírito Santo em parceira com a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) e faz parte das ações do Programa Ocupação Social.

O Programa tem como principal objetivo reduzir os índices de homicídio entre os jovens, que historicamente representam 40% das vítimas de crimes contra a vida, no Espírito Santo.

São 25 bairros atendidos, entre Grande Vitória e interior, identificados como áreas de alta vulnerabilidade. Para mudar essa realidade, o Ocupação Social busca levar novas oportunidades ao público jovem, a exemplo de cursos profissionalizantes, de ações de promoção e formação em empreendedorismo, junto com projetos de geração de renda, acompanhados de atividades culturais e esportivas. Já são 10 mil oportunidades confirmadas para o ano de 2017.

 

Informações à Imprensa
Assessoria de Comunicação da Secretaria de Direitos Humanos – SEDH
Suellen Barone / Maurílio Mendonça
E-mail: suellen.barone@sedh.es.gov.br / maurilio.mendonca@sedh.es.gov.brTexto: Caio Fassarella

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard