10/11/2021 17h24

Programação do Novembro Negro conta com lives, rodas de conversa e premiação

Buscando promover o enfrentamento ao racismo, à desigualdade e à violência contra a população negra, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), preparou uma agenda especial para o Mês da Consciência Negra, também conhecido como Novembro Negro. A programação começa, nesta quinta-feira (11), com lives, rodas de conversa, entrega da premiação do Edital Inova Afro, além da tradicional cerimônia de transferência da capital do Estado para a cidade de São Mateus, no dia 20 de novembro.

A programação foi organizada pela Gerência de Política de Promoção da Igualdade Racial da SEDH, com o apoio de municípios. A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, destacou que é importante promover ações que tragam visibilidade às questões que envolvem os direitos da população negra.

“É necessário que tenhamos um calendário de atividades no mês da Consciência Negra, para que possamos discutir amplamente sobre direitos, cultura, história e tradições desta população. Precisamos falar de racismo e avançarmos na construção de uma sociedade antirracista e igualitária”, pontuou Nara Borgo.

Um dos destaques da programação será a solenidade de entrega dos prêmios do Edital Inova Afro – I Prêmio de Boas Práticas em Promoção da Igualdade Racial do Estado do Espírito Santo – Edição 2021, que será no dia 19 de novembro, no Palácio Anchieta.

O edital tem como objetivos apoiar, visibilizar, fortalecer e premiar boas práticas de promoção da igualdade racial, especificamente projetos na área de afroempreendedorismo, além de incentivar a discussão sobre inclusão e a igualdade de oportunidades e de remuneração da população negra no mundo do trabalho. Também visa a fortalecer as ações de garantia de direitos humanos, especialmente no que se refere à temática Promoção da Igualdade Racial, assegurando a cidadania plena. Ao todo, foram selecionados oito projetos.

A gerente de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da SEDH, Edineia Conceição de Oliveira, explicou que o Mês da Consciência Negra é uma época que evidencia a luta do povo negro e que, por isso, merece ser lembrado e celebrado.

"O Mês da Consciência Negra reverencia a resistência do líder Zumbi dos Palmares, resistência essa que a população negra mantém até os dias de hoje, ao ocupar os espaços de liderança e gestão, em especial as mulheres negras. A Gerência de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Governo do Espírito Santo entende, enquanto organismo institucional e equipamento de articulação entre a sociedade civil organizada e governo, a importância de criar, valorizar e potencializar as atividades alusivas ao Mês da Consciência Negra”, disse Edineia de Oliveira.

 

Confira abaixo a programação:

11/11 – II Encontro Regional de Mulheres Negras do município de Marataízes (Coletivo FEPNES)

Horário: 15h

11/11 – Live alusiva ao Mês da Consciência Negra com a Comissão Étnico-Racial de Guarapari

Horário: 18h30

17/11 – Roda de Conversa, Atividade Cultural e Cerimônia de Posse do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Cachoeiro de Itapemirim

Horário: 09h

18/11 – Live "Respeito a Todas as Religiões" (município de Serra)

Horário: 17h

18/11 – Roda de Conversa no CRAS São José, em Guarapari

Horário: 14h

18/11 – Solenidade alusiva ao Dia da Consciência Negra na Câmara Municipal de Guarapari

Horário: 18h

19/11 – Solenidade no Palácio Anchieta para entrega dos prêmios do Edital Inova Afro

20/11 – Cerimônia de transferência simbólica na capital do Espírito Santo para o município de São Mateus

29/11 - Atividade Alusiva ao Dia da Consciência Negra em Cariacica

Horário: 18h

Observação: Programação sujeita a alteração.

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da SEDH
Juliana Borges
(27) 3636-1334 / (27) 99926-4669
juliana.paiva@sedh.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard