14/03/2019 17h16

Papel da mulher é tema de bate-papo na Unidade Prisional Feminina de Colatina

Um encontro com muita música e reflexões sobre o papel da mulher marcou a roda de conversa realizada nesta quarta-feira (13), na Unidade Prisional Feminina de Colatina. A atividade faz parte da programação da Secretaria de Estado de Direitos Humanos (Sedh) para o mês da mulher. A palestra foi ministrada pela subsecretária de Políticas Públicas para Mulheres, Juliane Barroso, e reuniu cerca de 60 internas.

"Quantas mulheres são líderes invisíveis? Queremos valorizar as mulheres nas suas diversas personalidades. Não existe um modelo universal de mulheres e é um desafio olhar para essa diversidade e pensar políticas que abarquem essa pluralidade. Enquanto Governo do Estado, o que nós podemos fazer é estar perto de vocês, conhecendo essa realidade, para podermos oferecer serviços de qualidade", ressaltou Juliane.

Perguntadas sobre quais mulheres são suas inspirações, algumas internas deram seus relatos:

"Admiro a minha madrinha. Ela sempre foi dona de casa e eu sempre achei um desperdício. Ela é muito inteligente, ensinava tanta coisa para mim e eu achava que ela devia ser mais que isso. Hoje, aqui dentro, eu entendo que essa foi a escolha dela e ela era feliz assim. Assim como eu estou aqui hoje por conta das minhas escolhas. Eu sempre me lembro muito das coisas que ela me ensinou e sou muito grata a ela e vou usar seus ensinamentos quando sair daqui para ter uma vida melhor", disse L.M.

A.C. também deu o seu relato: "Eu admiro as mulheres brasileiras que lutam e não aceitam abaixar a cabeça e sabem dizer não na hora certa. Admiro também e aproveito para agradecer a equipe do Presídio, a diretora Maria Aparecida, a agente Pâmela, a assistente social Rubiana, a psicóloga Vera e a todas que não desistem de nós. Acredito que quando sair desse portão para fora serei uma nova mulher, com a ajuda delas."

A diretora da Unidade Prisional, Maria Aparecida Freitas, agradeceu a iniciativa e presenteou as servidoras da Sedh com bonecas artesanais feitas pelas internas.

Mais eventos
A secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, destacou o principal objetivo da agenda de encontros como o que aconteceu na unidade prisional. “Queremos levar informação para que as pessoas, em especial as mulheres, saiam das rodas de conversa mais estimuladas e conscientes dos seus direitos”, ressaltou.

A próxima roda de conversa acontecerá na Unidade Prisional Bubu, em Cariacica, no dia 27.

Já no dia 25, a Secretaria promove um evento voltado para as pessoas LBT no município da Serra, em parceria com o Fórum LGBT Serra. O evento também vai contar com um tour cultural pelos monumentos históricos da cidade.

Nos dias 27 e 28, o encontro será com as servidoras do Estado no auditório do Centro Integrado de Atendimento Socioeducativo (Ciase) e no Iases, respectivamente, ambos localizados no Centro de Vitória. Os adolescentes socioeducandos do Iases também participarão de uma roda de conversa no dia 28, no próprio Instituto.



Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedh
Suellen Barone / Letícia Passos
(27) 3636-1334
suellen.barone@sedh.es.gov.br / leticia.freire@sedh.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard