14/09/2021 16h36 - Atualizado em 14/09/2021 16h45

Inscrições abertas para contratação de consultor em ações dialógicas com juventudes

Estão abertas, até o dia 24 deste mês, as inscrições para a contratação temporária de consultor individual, especialista em ações dialógicas com as juventudes, para o Projeto Estado Presente: Segurança Cidadã. A seleção pública está sendo realizada pela Secretaria de Direitos Humanos (SEDH).

O salário é de R$ 8.575,00 para 40 horas semanais. Os profissionais precisam ter curso superior na Grande área de Ciências Sociais Aplicadas e ter disponibilidade para viagens.

Os interessados devem enviar a manifestação de interesse e a documentação, em formato PDF, para o endereço eletrônico comissão.julgadora@sedh.es.gov.br ou via e-Docs, pelo site www.acessocidadao.es.gov.br (para o órgão SEDH, grupos e comissões – “Comissão Especial de Licitação - CEL”). O tempo de prestação de serviço é de um ano.

A seleção será feita após análise das qualificações técnicas e da experiência. O procedimento é o indicado nas Políticas para Seleção e Contratação de Consultores financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que atua junto ao Projeto Estado Presente: Segurança Cidadã.

Confira a manifestação de interesse.

Estado Presente

O Projeto Estado Presente: Segurança Cidadã é uma iniciativa do Governo do Estado do Espírito Santo, que conta com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para a implementação de ações de prevenção e combate à violência. O objetivo é contribuir para a redução dos elevados índices de crimes violentos (homicídios e roubos) entre jovens de 15 a 24 anos, nas regiões de maior vulnerabilidade social e, historicamente, mais atingidas pela violência.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da SEDH
Juliana Borges
(27) 3636-1334
juliana.paiva@sedh.es.gov.br

Assessoria de Comunicação do Projeto Estado Presente: Segurança Cidadã no ES
Danielly Campos
(27) 3636-1330 e (27) 99231-5186
consultoria.bid@sedh.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard